sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeBrasilQuem são os presos suspeitos de tentar matar dupla a tiros em...

Quem são os presos suspeitos de tentar matar dupla a tiros em Montanha

Wesley Jesus de Souza, de 19 anos, Uerverton Ferreira Dimas dos Santos, de 18 anos, Odair Junio de Souza Santos, de 27 anos e Wanderson Reis da Silva, de 38 anos, foram presos nesta segunda-feira (17). A defesa nega envolvimento deles no crime e alega falta de provas.

Quatro homens identificados como Wesley Jesus de Souza, de 19 anos, Uerverton Ferreira Dimas dos Santos, de 18 anos, Odair Junio de Souza Santos, de 27 anos e Wanderson Reis da Silva, de 38 anos, foram presos por ordem da Justiça em uma operação integrada da Polícia Civil e Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira (17), suspeitos de tentarem matar F.S.S. e C.H.F.J. no Centro de Montanha, cidade do Norte do Espírito Santo. A tentativa de duplo assassinato a tiros ocorreu no dia 18 de maio deste ano. A motivação do crime é um mistério.

Publicidade

Segundo a Polícia Civil os suspeitos foram encontrados e detidos em diferentes bairros da cidade, e o veículo utilizado no crime também foi apreendido. O suspeito Wesley Jesus de Souza, de 19 anos ainda foi encontrado com drogas e foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas. A defesa da quadrilha afirma que não haver provas de envolvimento dos suspeitos na dupla tentativa de homicídio. Segundo o advogado Arthur Borges Sampaio, a investigação é frágil pois não possui materialidade probatória de envolvimento dos quatro suspeitos na ação criminosa.

Publicidade

Relembre o caso

Segundo a Polícia Civil, na madrugada de 18 de maio, as duas vítimas voltavam de um bar, quando um carro com quatro suspeitos parou próximo das vítimas. Dois dos suspeitos desceram do veículo já atirando contra as vítimas. Uma delas foi atingida por cinco tiros, enquanto a outra correu e não foi alvejada. A vítima ficou caída na calçada até perceber que o veículo voltava para sua direção e correu até a casa de seu irmão, onde foi socorrido por uma equipe do Samu/192.

“Os presos serão encaminhados à Delegacia Regional em Nova Venécia onde aguardarão a transferência ao Centro de Detenção Provisória onde permanecerão à disposição da Justiça”, informou a Polícia Civil.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE