sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeDestaqueRumo aos EUA, esperancense ganha bolsa de mestrado e precisa de apoio...

Rumo aos EUA, esperancense ganha bolsa de mestrado e precisa de apoio para completar despesas

Daniela Gava Duarte é formada em Direito pela Faculdade Multivix e, após processo de seleção, foi aprovada em nove instituições, entre americanas e europeias. Agora, a advogada se prepara para realizar seu grande sonho. #VoaDani

A advogada Daniela Gava Duarte, 26 anos, está feliz da vida e, não é para menos! Ela foi surpreendida com uma notícia muito sonhada desde anos atrás. Após um longo processo, a moradora de Boa Esperança foi aprovada em nove, das 10 universidades estrangeiras em que se inscreveu, para cursar o tão esperado mestrado. Apesar de ganhar uma bolsa de estudos da universidade, e esperancense vai precisar desembolsar R$ 70 mil, para se manter por lá.

Publicidade

A filha da Maria do Carmo Gava Duarte e Daniel Abelar Duarte foi aprovada no mestrado de Políticas Públicas na Universidade de Maryland (EUA), Universidade Estadual da Pensilvânia (EUA), Universidade George Washington (EUA), Universidade do Nordeste (EUA), Universidade de Minnesota (EUA), Universidade de Miami (EUA), Universidade Pepperdine (EUA), King’s College Londres (Reino Unido), e Hertie School (Alemanha). “Escolhi a Universidade de Maryland por ser muito renomada e também, pelo fato de ter recebido uma bolsa significativa, o que me ajudará bastante com os custos necessários durante o curso”, fala.

Publicidade

De acordo com a futura mestranda, ela deve embarcar para os EUA no próximo ano, mas, mesmo que tenha ganhado uma bolsa de estudos, ainda precisa de recursos para financiar sua permanecida por lá, que deve durar em média dois anos. “Estou dependendo da quantia que preciso arrecadar para ir, já que a bolsa que recebi, infelizmente, não é suficiente para custear a universidade e meus gastos com moradia, comida, e outros custos, por dois anos, mas se tudo der certo, provavelmente irei em janeiro de 2024”, narra.

Para quem se interessar a auxiliar a Daniela a dar este grande passo, as doações podem ser feitas através do PIX: [email protected], ou também, https://www.vakinha.com.br/vaquinha/dani-nos-eua.

Aprovação

Daniela conta que, sempre teve o sonho de estudar fora do País. “A vontade eu tinha, mas, parecia algo impossível para mim, especialmente, por morar em uma cidade pequena do interior. Ano passado decidi tirar esse sonho do papel. Para alcançar esse objetivo, eu sabia que precisaria de ajuda. Portanto, fui em busca de programas gratuitos, que ajudam brasileiros no processo de estudar no exterior. Após passar por um processo seletivo, fui aprovada e tive a oportunidade de participar de dois deles que, auxiliam jovens, um foi da Brasa e outro da Fundação Estudar”, fala a advogada, que ainda completa: “Durante quase um ano eu trabalhei nas candidaturas para as faculdades no exterior. Fiz prova de proficiência em Inglês e tirei a nota necessária, escrevi cartas, contando sobre a minha história e minha motivação para fazer o mestrado. Contei com a ajuda de ex-professores e mentores que escreveram cartas de recomendação para mim e, reuni todos os requisitos que as universidades pediam. E a partir de fevereiro deste ano, comecei a receber as aprovações”.

Formação

Irmã do Danilo, nascida em Boa Esperança, Daniela completou o Ensino Fundamental e Médio em escolas públicas, em sua cidade natal. A EMEF “Professora Izaura de Almeida Silva”, o CEIER de Boa Esperança, e a EEEFM Antonio Dos Santos Neves, foram suas escolas, até ir para o ensino superior, cursado na Faculdade Multivix, em Nova Venécia, instituição em que se formou em 2019. “Passei na prova da OAB no 9º período da faculdade, antes de terminar o curso. Então, logo em 2020, já comecei a advogar. Desde então, trabalho em um escritório de advocacia aqui em Boa Esperança”, diz.

E, foi assim, depois de toda trajetória, que agora, Daniela conta como se sente, bem perto de embarcar para realizar seu grande sonho. “É um sentimento de muita gratidão, emoção e felicidade! Quando comecei o processo, essas aprovações pareciam muito distantes para mim, especialmente por ser uma jovem negra, vinda de uma cidade pequena do interior. Então, ter passado em todas essas universidades é uma vitória inexplicável, e me sinto muito abençoada por todas essas conquistas”, pontua.

» Os pais de Daniela, Maria do Carmo Gava Duarte e Daniel Abelar Duarte, e o irmão, Danilo

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE