domingo, maio 26, 2024
spot_img
HomeDestaqueSecretaria de Educação de Pinheiros decide que volta às aulas será remota

Secretaria de Educação de Pinheiros decide que volta às aulas será remota

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Pinheiros voltam às aulas, remotamente, no próximo dia 22. Já na segunda-feira (8), os professores iniciam, de forma presencial (nas escolas), as atividades de planejamento das aulas, obedecendo todas as medidas de combate ao avanço do coronavírus.

Publicidade

O retorno às aulas – ainda dentro do projeto “Encurtando distância na Aprendizagem”, implantado em 2020 -, visa a dar continuidade ao aprendizado de modo eficiente, mas propiciando segurança sanitária aos alunos, familiares e educadores.

Publicidade

A secretária de Educação, Marinete Zamprogno, esclarece que o modelo de ensino (similar ao EaD – Ensino a Distância), no entanto, não é permanente, e as aulas presenciais irão voltar em data ainda a ser definida, quando houver a segurança necessária.

A decisão foi comunicada aos diretores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental durante a primeira reunião pedagógica do ano, quando o Planejamento Estratégico para o Retorno às Aulas de 2021 foi apresentado. O encontro aconteceu na manhã desta quarta-feira (3), na Secretaria Municipal de Educação.

Como no ano passado, os estudantes irão receber os materiais impressos, os professores irão transmitir a explicação dos conteúdos e os alunos poderão dirimir dúvidas com os educadores, tudo isso, por meio de plataformas virtuais, como o Whatsapp – com a utilização de recursos do app, como áudio e vídeo – e e-mails, por exemplo. Na sequência, tudo será corrigido pelos mestres.

Experiência de sucesso

O Encurtando Distância na Aprendizagem foi iniciado em maio de 2020, após paralisação de dois meses em razão de medidas que visam conter o avanço do coronavírus. Ainda no ano passado, professores consideraram o projeto um sucesso.

O Encurtando Distância na Aprendizagem, que é pioneiro na região, desenvolve atividades pedagógicas não presenciais para alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino de Jovens e Adultos (EJA), tanto por meio do acesso à internet, quanto através de materiais impressos, para aqueles que não têm acesso à internet.

O novo formato foi planejado para conciliar o prosseguimento do calendário escolar municipal e os cuidados sanitários recomendados.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE