quinta-feira, fevereiro 29, 2024
spot_img
HomeDestaqueSérgio Ricardo é promovido ao cargo de Desembargador do TJES

Sérgio Ricardo é promovido ao cargo de Desembargador do TJES

O Pleno do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) elegeu nesta sexta-feira (30), dois novos desembargadores para compor a Corte. O nome do juiz Raimundo Siqueira Ribeiro foi aprovado à unanimidade para o preenchimento de vaga para o cargo de desembargador pelo critério de antiguidade, enquanto o magistrado Sérgio Ricardo de Souza foi eleito com 23 votos pelo critério de merecimento. O resultado foi proclamado pelo presidente do TJES, desembargador Fabio Clem de Oliveira.

Publicidade

Esta foi a terceira vez consecutiva que o juiz Sérgio Ricardo compôs a lista tríplice, a primeira foi no processo de promoção referente ao Edital nº 12/2021 e a segundo ao Edital nº 15/2021. Na escolha por merecimento, juízas e juízes que figurem na lista tríplice por três vezes consecutivamente ou cinco vezes de forma alternada, recebem a promoção.

Publicidade

Para o magistrado, trata-se do coroamento de uma carreira de 28 anos de magistratura. “Tenho o compromisso de, no segundo grau, continuar contribuindo para a melhoria da prestação jurisdicional do Estado do Espírito Santo”, destacou.

Em seu voto, a desembargadora Eliana Junqueira Munhós Ferreira elogiou o juiz Sérgio Ricardo por suas qualidades e seu rico currículo, bem como por sua representatividade para a magistratura do Espírito Santo no cenário do Judiciário nacional. “O senhor é muito bem-vindo no Tribunal e muito nos auxiliará nas nossas demandas, nas nossas gestões por um judiciário de qualidade e sensível às demandas da população”, enfatizou.

Também compuseram a lista tríplice os magistrados Ubiratan Almeida Azevedo, com 22 votos, em primeira votação, e Fabio Brasil Nery, com 14 votos, em segunda votação. E o desembargador Fernando Estevam Bravin Ruy fez questão de cumprimentar a quem se inscreveu para participar da promoção para o cargo. “Não é fácil, é uma carreira longa, a carreira da magistratura hoje norteia na primeira instância, em 25 anos ou mais, então deixo meu carinho, minha admiração a todos estes que se dedicaram décadas e aqui estão para oferecer mais uma vez sua capacidade de trabalho junto ao Tribunal”, destacou.

Em seguida, foi eleito o juiz Raimundo Siqueira Ribeiro, pelo critério de antiguidade. O decano da Corte, desembargador Adalto Dias Tristão, falou sobre o currículo e a trajetória do novo desembargador, que foi promotor de justiça por 9 anos e ingressou na magistratura em 1990, tendo atuado em diversas Comarcas do estado.

Durante a aprovação do nome do magistrado, o desembargador Namyr Carlos de Souza ressaltou: “É com imenso prazer que sufrago o nome do íntegro, honrado e digno magistrado, doutor Raimundo Siqueira Ribeiro. Foi meu professor em cursos preparatórios, sempre tive por sua excelência profundo respeito e admiração, inclusive tive a honra de compor com sua excelência a egrégia Segunda Câmara Cível. É um magistrado que honra e dignifica a magistratura, independente, tecnicamente muito preparado e, com certeza, detentor de valores por demais nobres”.

O desembargador Fernando Zardini Antonio também salientou que foi aluno de Raimundo Siqueira, e tal como ele, teve origem no Ministério Público. “É um colega de uma competência inquestionável, assim como uma cultura abrangente. Tem duas virtudes que eu admiro muito nele que é a humildade e a simplicidade, e eu, com muita satisfação, voto no doutor Raimundo Siqueira Ribeiro”.

O juiz Sérgio Ricardo de Souza foi eleito pelo critério de merecimento e o juiz Raimundo Siqueira Ribeiro foi promovido pelo critério de antiguidade
ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE