sexta-feira, junho 14, 2024
spot_img
HomeDestaqueTRE-ES reconta votos e Nova Venécia tem dois novos vereadores

TRE-ES reconta votos e Nova Venécia tem dois novos vereadores

André Zen e Deneval Rocha irão herdar as vagas de Vanderlei Bastos Gonçalves, o Delei da Borracharia, e Sebastião Antônio Macedo, o Tião do Celestina, vereadores que tiveram seus mandatos cassados pelo ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Kassio Nunes Marques, em decisão proferida no último dia 14.

Publicidade

A confirmação dos nomes de André e Deneval, que receberam 391 e 242 votos no último pleito municipal, respectivamente, saiu após a retotalização dos votos ter sido feita pelo sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES). Na época, Zen concorreu pelo PRB e Rocha pelo PSDB.

Publicidade

“A sensação é que o dever foi cumprido, nós denunciamos e que esses acontecimentos que tiveram na cidade sirvam de exemplo para os presidentes de partidos nas próximas eleições para eles fazerem o que é certo. Não adianta as pessoas quererem ganhar no tapetão, burlando a justiça, e essa decisão é importante, veio no momento certo”, comentou André Zen.

“Assim como 2020 nós tivemos a coragem de denunciar a fraude cometida, vai ser a mesma postura que vamos ter na Câmara, vamos fiscalizar o que tem que ser fiscalizado, vamos propor ideias que sejam de avanços para o município, vamos ouvir as demandas que a sociedade, as associações e os servidores têm. Vamos aproveitar esse pouco tempo e nos dedicar como se fosse os quatro anos. Vamos trabalhar muito para que possamos cumprir com todo que temos em mente”, completou.

“Eu fico muito feliz em saber que a justiça foi feita, me sinto um vitorioso. Nós perdemos 3 anos e 6 meses de mandato, poderíamos ter cooperado muito mais com o desenvolvimento e o crescimento socioeconômico do município, porém, Deus sabe de todas as coisas e o momento foi esse. Mesmo sabendo que o tempo é curto, nós podemos fazer algo, ajudando com o desempenho veneciano. A Câmara pode contar com meu apoio, de forma transparente, leal e verdadeira, lutando pelos direitos de todo cidadão, estou pronto para dialogar, ouvir e conversar”, falou Deneval Rocha.

Após a recontagem, ambos serão diplomados nesta quarta-feira, dia 29, às 13h30, no Cartório Eleitoral, e a partir de então, estarão aptos a tomar posse na Câmara Municipal, em data a ser definida pela presidência da Casa. Também serão diplomados como primeiros suplentes, Romerito Sartório e Maria Aparecida de Souza Silva.

Relembre o caso

O recurso ao TSE foi apresentado por André Neto Zen, Otamir Carloni, Cláudio Marcos Alves dos Santos e Deneval Rocha, ao qual apontam irregularidades quanto a cota de gênero na candidatura de Valdessandra Custódia de Macedo Rivas, que estaria impedida de se candidatar por condenação criminal anterior.

Na decisão, Nunes Marques decreta a nulidade de todos os votos auferidos pela agremiação recorrida (Diretório Municipal do Solidariedade) no pleito de 2020, determina o recálculo dos quocientes eleitoral e partidário no Município de Nova Venécia, cassa os registros e, por consequência, os diplomas dos candidatos vinculados ao respectivo Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP); o que culmina a sanção de inelegibilidade prevista no art. 22, XIV, da LC n° 64/1990 a Valdessandra Custodia de Macedo Rivas e a Paulo Roberto Alves Damaceno, ou seja, não podem ser candidatos.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE