quarta-feira, fevereiro 28, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoVaca foi retirada de rodovia após colisão com morte antes da chegada...

Vaca foi retirada de rodovia após colisão com morte antes da chegada da polícia em Nova Venécia

Um homem de 39 anos morreu na colisão.

A Polícia Militar informou que a vaca envolvida na colisão com uma moto que resultou na morte de homem de 39 anos que pilotava o veículo, foi retirada do local do acidente antes da chegada da equipe, na madrugada deste sábado (29), na rodovia ES 381, entre as comunidades de Cedrolândia e Guararema, no interior de Nova Venécia. O nome da vítima não foi divulgado.

Publicidade

A Rede Notícia questionou a Polícia Civil, se haverá investigação para saber quem retirou o animal do local do fato, e as responsabilidades por mexer em uma cena de acidente com morte antes da realização da perícia no local. Por nota, a corporação informou que “o caso seguirá sob investigação”.

Publicidade

A tragédia

A Polícia Militar informou ter sido acionada por um caminhoneiro que passou pelo local, e que ao chegar ao endereço, a equipe encontrou a companheira e populares ao redor de uma vítima caída no asfalto, cerca de 2 km depois de Cedrolândia sentido Guararema. Havia uma motocicleta Honda CG 125 de cor vermelha caída próximo ao corpo. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou o óbito do homem no local.

A mulher da vítima disse aos policiais que foi informada por um caminhoneiro que seu marido havia colidido com uma vaca que estava no meio da pista, vindo a cair da rodovia. A PM destacou que o caminhoneiro que aparece como comunicante do fato não estava mais no local e tampouco o animal envolvido na colisão.

A Polícia Civil informou, por nota, que a perícia foi acionada para uma ocorrência de choque com vítima fatal, na madrugada deste sábado (29), na zona rural de Nova Venécia.

O corpo da vítima, um homem de 39 anos, foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

Sobre o caso

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE