sexta-feira, fevereiro 23, 2024
spot_img
HomeEstradasNovas imagens do acidente que matou duas pessoas e deixou criança ferida...

Novas imagens do acidente que matou duas pessoas e deixou criança ferida em Montanha

As imagens mostram a ribanceira, de cerca de 15 metros, onde o carro caiu, o veículo em meio a uma vegetação em local de difícil acesso, e o enxame de abelhas atingido pelo veículo.

Novas imagens obtidas com exclusividade pelo PORTAL.REDENOTÍCIA.ES mostram 0 caído na ribanceira após capotar às margens da rodovia ES 130,  e atingir uma árvore que tinha um enxame de abelhas, próximo ao distrito de Vinhático, em Montanha, no Norte do Espírito Santo, no domingo (11). O motorista José Pereira Novais, de 77 anos, morreu no local. Já Paulo Soares Ribeiro, de 96 anos, morreu nesta segunda-feira (12), no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, para onde foi socorrido após o acidente. A bisneta dele, Alice Soares Albino, de 9 anos, foi socorrida com vida para o Hospital São José, em Colatina. Além do impacto do acidente, as vítimas foram atacadas pelas abelhas.

Publicidade

As imagens mostram a ribanceira, de cerca de 15 metros, onde o carro caiu, o veículo em meio a uma vegetação em local de difícil acesso, e o enxame de abelhas atingido pelo veículo.

Publicidade
Veículo caiu em uma ribanceira de cerca de 20 metros à esquerda da foto. Crédito: Leitor / Montagem Rede Notícia

O acidente

Segundo a Polícia Militar, quando a equipe chegou no local, encontrou a menina de 9 anos, se debatendo no chão sendo atacada por abelhas. A vítima teria subido a ribcaneira de cerca de 15 metros, logo após o acidente para pedir por socorro. Devido aos cabelos longos da criança, que estavam cheios de abelhas, populares ajudaram o Samu/192 e a Polícia Militar, jogando barro nos cabelos da vítima, o que diminuiu os ataques das abelhas. A menina foi levada para a viatura da PM, onde uma cabo da corporação a colocou em seu colo. Segundo o Boletim de Ocorrência, a criança já apresentava inchaço nos olhos e sinais de desfalecimento,e  a policial militar conversou com ela para mantê-la acordada até chegar no Hospital de Montanha, onde a pequena Alice recebeu o primeiro atendimento médico. Em seguida, a criança foi transferida para o Hospital São José, em Colatina.

De acordo com a PM, o bisavô da menina, Paulo Soares Ribeiro, deu entrada no Hospital de Montanha e posteriormente foi encaminhado ao Hospital Roberto Silvares, em São Mateus. Paulo que era passageiro do veículo, também foi atacado pelo mesmo enxame de abelhas.

A ocorrência descreve que após o resgate das vítimas, a guarnição retornou à rodovia e tomou conhecimento de que o veículo Fiat Palio Fire Economy, de cor branca conduzido por José Pereira Novais, havia saído da pista e caído em uma ribanceira de aproximadamente 15 metros de altura. A equipe de resgate acessou o local de difícil acesso, devido à lama e à vegetação molhada. Ao avistarem o veículo, os policiais avistaram um corpo que seria do condutor, já sem vida, sendo o óbito constatado pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192).

Uma equipe do Corpo de Bombeiros deu apoio na ocorrência, e ajudou no resgate do corpo.

Procurada pela Rede Notícia, a Polícia Científica (PCIES) informou que a perícia foi acionada na noite deste domingo (11), por volta das 18h57, para uma ocorrência de capotamento com vítima fatal, no km 56, na Rodovia ES 130. O corpo da vítima, um homem de 77 anos, foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

A Polícia Cientificada (PCIES) informou também que o serviço de transporte de cadáver foi acionado na manhã desta segunda-feira (12), por volta das 09h23, para recolhimento de corpo de sexo masculino no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus. Segundo informações repassadas pela equipe médica, a vítima teria sofrido um acidente de trânsito, na noite desse domingo (11) e evoluído a óbito. O corpo da vítima, um homem de 96 anos, foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para a realização da identificação e do exame cadavérico.

Sobre o caso

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE