quarta-feira, fevereiro 28, 2024
spot_img
HomeDestaqueCidadeVenecianos resgatam bate-papo de calçada e criam o “Banco do Conhecimento”

Venecianos resgatam bate-papo de calçada e criam o “Banco do Conhecimento”

Encontro acontece nas manhãs de domingos e, grupo de amigos faz questão de frisar que, a alegria e a descontração é o que mandam por lá! Com brincadeiras e até cargos para alguns frequentadores, esta turma, realmente, faz a diferença no bairro Margareth e, podem ter certeza que vale a pena participar dos momentos com eles!

Todos os domingos!Assim são os encontros desta turma que, faz questão de se encontrar uma vez por semana, sempre no mesmo local: na calçada atrás da EMEF Dr. Renato Araújo Maia, no bairro Margareth.

Publicidade

Por lá, não há espaço para desorganização, tem dois bancos fixos, cadeiras, mesa e, uma placa. Nela está escrito: Banco do Conhecimento. É assim que essa galera animada e muito bem humorada, intitula o local, que agrega pessoas de várias profissões, mas que ali, assumem outros cargos. É o caso do Roberto César de Almeida Souza, o professor Robertão, que é o presidente do Banco do Conhecimento. Já o radialista Márcio de Oliveira, o vice-presidente; o juiz de Direito, Maxon Monteiro, é o assessor jurídico; o motorista Marcelo Piva, tem o cargo de presidente das comissões; Melo Venturim é responsável pela ata; o presidente da Apae, Carlos Augusto Fernandes, é o comendador, e Tarcísio Bravim, o motorista. “A reunião aqui é para assuntos diversos, sempre de forma descontraída. Uma das intenções é resgatar aquela conversa entre amigos e vizinhos, muito comum antigamente, nas calçadas, e que, hoje em dia, pouco existe”, explica Robertão.

Publicidade
» Cargos do Banco do Conhecimento”: Márcio de Oliveira, vice-presidente; Marcelo Piva, presidente das comissões; e Robertão Almeida, presidente

A reportagem foi feita no último domingo, dia 30, e a galera estava comemorando o aniversário de 72 anos do radialista e ex-morador de Nova Venécia, Rosemar de Oliveira, locutor da Rádio América AM, na emissora da Catedral Rede de Comunicação Católica AM, em Belo Horizonte, Minas Gerais. ”É uma grande satisfação rever os amigos e participar destes momentos. Eu sou apaixonado por esta cidade e venho de vez em quando matar a saudade. Minha esposa fez pão de queijo mineiro e, trouxe para tomarmos café”, fala Rosemar, ou, Biguá, apelido em que ele era mais conhecido quando residia aqui.

» Juliano Bettin foi o ganhador do sorteio da goiabada, trazida de Belo Horizonte pelo radialista, Rosemar de Oliveira

Rosemar ainda foi o responsável por levar o brinde para o sorteio do dia, uma estilosa caixa em madeira, com goiabada dentro, trazida do Mercado Municipal de BH. O dentista Juliano Bettin foi o sortudo. “Ganhei e já coloquei na “roda”, experimentamos e está uma delícia, diferenciada, obrigado, Rosemar!”, diz.

Entre os visitantes do dia também estava outro ex-morador do município veneciano, o Aldemir Machado, que atualmente mora em Pancas. “Reencontrar os amigos é sempre agradável, a conversa aqui é boa e, muito divertida, vale a pena”, relata.

Com uma mesa farta de biscoitos, bolo, pães, e aquele cafezinho, o Banco do Conhecimento lotou no último encontro e, quem por ali não estava, mas, passava em frente, já saudava o pessoal do Banco, mesmo de dentro do carro ou a pé. “A turma é realmente divertida, um bate-papo descontraído no início de um domingo, faz bem para qualquer um”, narra Carlos Augusto.

Notando que as fotos das redes sociais e, até mesmo no dia, a presença era somente masculina, Robertão divulga que ali não é Clube do Bolinha. “Não tem regra de que é só para os homens, nossas amigas que passarem por aqui, estão convidadas também. Nosso papo é sempre de coisas do dia a dia, de lembranças de gente da cidade. Hoje, já lembramos do finado Zé Walter. Aqui tem outras regras, não pode bebida alcoólica, por exemplo. Nossas conversas são culturais também, quem quiser pode vir conferir”, fala aos risos o professor, que é o responsável pela limpeza e segundo ele, preservação do local. “Começamos este encontro há uns sete anos. Eu moro aqui em frente, então, eu cuido. Aqui sempre está limpo para esperar o pessoal, e também, cuido das árvores e, pintamos até o chão do espaço”, cita.

Para quem estiver a fim de conferir os momentos divertidos desta turma, o próximo encontro acontece neste domingo, a partir das 9h30 até meio dia. “Aqui nunca teve uma briga, discussão, nada. A reunião é para nos divertirmos, e sempre de forma saudável e alegre”, finaliza o vice-presidente do Banco do Conhecimento, Márcio de Oliveira.

» Local do encontro no bairro Margareth tem direito até a placa
ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE