terça-feira, junho 18, 2024
spot_img
HomeDestaqueVereadores destacam a situação dos moradores de rua e questionam o serviço...

Vereadores destacam a situação dos moradores de rua e questionam o serviço de abordagem da Secretaria de Assistência Social

A situação dos moradores de rua em Nova Venécia foi o grande destaque da sessão da noite de ontem, 29. Os vereadores pediram providências à Prefeitura de Nova Venécia para que faça um trabalho integrado, envolvendo todas as secretarias, para solucionar o problema.

Publicidade

A atuação da Secretaria Municipal de Assistência Social também foi criticada pelos vereadores, que pontuaram a inércia e a falta de ações concretas por parte da equipe com uma das causas para o aumento da população de rua na cidade.

Publicidade

O presidente da Câmara, Antonio Emílio, citou especialmente o caso da Praça Adélio Lubiana (Praça do Granito): “A praça é referência de lazer para as famílias venecianas, no entanto, é fácil observar o crescente número de moradores de rua que se instalaram no local. Além de um problema social, estamos falando também de segurança pública, o que acaba inibindo a presença das famílias. Para isso, é necessário um trabalho conjunto com a melhoria da iluminação da praça e a convergência de ações de várias secretarias municipais, vereadores e Conselho Municipal de Segurança, para um trabalho integrado de resgate social dessas pessoas com a promoção do emprego, do acolhimento das famílias e de diálogo com os moradores de rua”.

Confira a fala dos vereadores:

O vereador Juarez Oliosi (PSB) indicou ao prefeito a construção de casas populares no interior, incentivando as pessoas a permanecerem na zona rural.

Zé Luis do Cricaré (PT do B) sugeriu ao município que transfira o setor de emissão de identidade para a Casa do Empreendedor.

O vereador Biel da Farmácia (PV) anunciou que o bairro Bonfim agora contará com clínico-geral todos os dias para atender a população.

A vereadora Gleyciaria Bergamin (DEM) destacou que muitos bueiros estão destampados na cidade. Ela também pontuou que é necessário discutir com o Hospital São Marcos o funcionamento da parceria com o laboratório São Vicente, pois até onde ela apurou, o laboratório não é credenciado ao Sistema Único de Saúde.

O vereador Mir de Guararema (PDT) falou sobre o pedido feito por ele e Cimar do Altoé (PHS) ao deputado federal Drº Jorge Silva (PHS) sobre uma emenda parlamentar para a construção de um Posto de Saúde em Guararema.

Ronaldo Barreira (SD) destacou que em breve a comunidade de Guararema contará com cardiologista e ginecologista. Falou também sobre o descaso com o dinheiro público, citando a obra do Ginásio do bairro Aeroporto, que desmoronou com apenas um ano de inauguração.

O vereador Cimar do Altoé (PHS) indicou a reforma da escola do bairro Altoé e que a Secretaria Municipal de Ação Social faça um trabalho mais consistente com os moradores de rua.

Zequinha Brasileiro (PV) destacou que a Assistência Social tem que cumprir seu papel. O vereador voltou a destacar a falta de sinalização próximo ao Supermercados Economia do bairro Rúbia.

O vereador Dejanir Dias (PSB) criticou o serviço de abordagem à população de rua da Secretaria Municipal de Assistência Social e propôs a criação de um albergue regional, em um trabalho conjunto com vários municípios da região Noroeste.

Evaristo Miguel (PTB) falou dos baixos salários pagos aos médicos, o que impede muitos profissionais de trabalhar no interior. Sobre a Ação Social, o vereador destacou que é necessário mais sensibilidade e relação humana para resolver o problema dos moradores de rua.

O vereador Luciano Márcio (PSB) elaborou um ofício ao deputado estadual Da Vitória (PDT) que se prontificou para fazer uma emenda para a compra de um automóvel para o Conselho Municipal de Segurança. O vereador também criticou a Secretaria Municipal de Assistência Social, destacando que o local se tornou um “cabide de emprego”, sem ações efetivas para a promoção social. Outro destaque do vereador é o encaminhamento de um ofício para esclarecer como funciona a parceria do Hospital São Marcos com laboratórios conveniados.

Aprovação de projetos:

1 – PROJETO DE LEI Nº 37/2017: altera as Leis Municipais n.º 3.128/2012 e nº 3.181/2012, que dispõem sobre o Conselho Municipal de Meio Ambiente e sobre o Código Municipal de Meio Ambiente do Município de Nova Venécia = Aprovado por unanimidade.

2 – PROJETO DE LEI Nº 40/2017: revoga dispositivo da Lei nº 3.348, de 11 de novembro de 2015, que dispõe sobre a concessão de incentivos fiscais e econômicos para empreendimentos – Aprovado por unanimidade.

3 – PROJETO DE LEI Nº 41/2017: cria o Conselho Municipal de Política Cultural – CMPC: Aprovado por unanimidade.

4 – PROJETO DE LEI Nº 43/2017: declara de utilidade pública a ONG Voluntários do Bem: Aprovado por unanimidade.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE