domingo, fevereiro 25, 2024
spot_img
Home Brasil Japinha Conde fala pela 1ª vez sobre tiroteio que deixou mortos e feridos no show dela em São Mateus

Japinha Conde fala pela 1ª vez sobre tiroteio que deixou mortos e feridos no show dela em São Mateus

0

A cantora Japinha Conde falou na tarde deste domingo (24), nas redes sociais, sobre o tiroteio na festa da cidade de São Mateus, no Espírito Santo, durante a madrugada. Duas pessoas morreram, três ficaram feridas, e diversas passaram mal no momento do ataque, inclusive a própria Japinha, que desmaiou e saiu carregada do palco.

Publicidade

“E aí gente, estou aqui no ônibus. Saindo agora de São Mateus, Espírito Santo. Primeiramente eu vim aqui agradecer o pessoal que esteve presente no show. E também falar sobre o ocorrido, né, gente. Que teve tiroteio no show. Pra quem não sabe eu sou bastante reservada com tudo. E, na hora que aconteceu. Eu só sei que eu fugi. Fui para trás do palco. Fiquei tão desesperada que tive crise de ansiedade, acabei de desmaiando. Eu não lembro de quase nada praticamente. Mas estou bem, minha banda está bem, todo mundo está bem, e eu espero que vocês também estejam bem. É isso gente, agradecer a Deus por esse livramento, e é isso”, afirmou a cantora, em um vídeo publicado nas redes sociais.

Publicidade

Os mortos na tragédia

Duas pessoas, identificadas como Pedro Henrique Machado Boa, de 17 anos, e Eliomar Neves de Almeida, de 51 anos, morreram baleadas durante um tiroteio na madrugada deste domingo (24), na festa de 479 anos da cidade São Mateus, no Norte do Espírito Santo. Outras duas pessoas foram baleadas e socorridas para o Hospital Roberto Silvares, que fica em frente ao Parque de Exposições da cidade, onde aconteceu o crime. Um rapaz de 21 anos, identificado como Ricardo Silva Moreira, foi baleado por um policial militar e também foi socorrido.

O ataque a tiros começou por volta de 2h30. A cantora Japinha Conde, que se apresentava no palco principal, chegou a desmaiar e foi carregada por seguranças no palco. Havia milhares de pessoas na festa, entre elas crianças e famílias inteiras. Houve pânico, correria e desespero.

Segundo a Polícia Militar, o crime começou perto de um dos bares da festa, no Parque de Exposição, localizado no bairro Residencial Parque Washington, em São Mateus. Militares foram comunicados por populares haviam dois homem baleados em um bar dentro do evento. Imediatamente as equipes entraram no local e constatou o fato, sendo acionado o Corpo de Bombeiros para o socorro das vítimas, que acabaram evoluindo a óbito ainda no local.

Ainda durante o atendimento da ocorrência, os militares puderam ouvir mais disparos de arma de fogo nas imediações, sendo constatado que outros dois homens tinham sido baleados. Durante a ação, uma equipe da PM flagrou o momento do crime e viu um suspeito de 21 anos, identificado como Ricardo Silva Moreira, fugindo com uma pistola na mão, sendo ele perseguido. Já no estacionamento, o suspeito recebeu ordem de parada, mas desobedeceu e apontou a arma para o PM, atirou em resposta. O indivíduo foi alvejado e com ele foi apreendida a pistola, dois carregadores e munições.

As outras duas vítimas dos disparos e o suspeito, também alvejado, foram socorridos e encaminhados ao Hospital Roberto Silvares. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia Regional de São Mateus.

Procurada pela Rede Notícia, a Polícia Civil informou, por nota, que a ocorrência foi entregue na 18ª Delegacia Regional de São Mateus. O  suspeito de 21 anos, foi autuado em flagrante duas vezes por homicídio e três vezes por tentativa de homicídio. Assim que receber alta do Hospital, será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Mateus. Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para serem necropsiados, e posteriormente liberados para os familiares.

Sobre o caso