quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeCotidianoAgriculturaVila Pavão recebe recursos para fortalecer agricultura familiar e garantir acesso a...

Vila Pavão recebe recursos para fortalecer agricultura familiar e garantir acesso a alimentos às famílias em vulnerabilidade social

Recurso será utilizado para dar continuidade ao programa Compra Direta de Alimentos (CDA), que já beneficia cerca de 200 famílias da sede, dos distritos de Praça Rica e Todos os Santos e patrimônios de Conceição do XV (Cascudo) e Todos os Anjos

Boa notícia para os agricultores familiares de Vila Pavão: o Governo do Estado liberou recursos no valor de R$ 282.898,20 para a aquisição de alimentos através do programa Compra Direta de Alimentos (CDA), da agricultura familiar local. A portaria foi publicada no Diário Oficial do Espírito Santo (DIOES), na edição do último dia 20 de outubro.

Publicidade

O recurso será utilizado para dar continuidade ao programa, que já beneficia cerca de 200 famílias da sede, dos distritos de Praça Rica e Todos os Santos e patrimônios de Conceição do XV (Cascudo) e Todos os Anjos.

Publicidade

O programa CDA tem como objetivo incentivar a produção e o consumo de alimentos saudáveis, provenientes da agricultura familiar, e fortalecer a economia local. O termo de adesão, que estabelece os compromissos dos municípios participantes, tem vigência de cinco anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Os alimentos são adquiridos dos agricultores, pela Prefeitura Municipal, através de edital de chamamento público. Os produtos são repassados pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), à rede socioassistencial, a fim de garantir o acesso a alimentos à população em situação de insegurança alimentar e ainda promover o fortalecimento da agricultura familiar.

O secretário de Assistência Social, Ademir Teixeira, explicou como o programa funciona. “O Estado fornece uma planilha de produtos que são adquiridos com base na demanda real das unidades receptoras e da oferta do agricultor fornecedor. O preço de referência para aquisição dos alimentos também é definido pelo Governo pela média simples praticados no mercado local ou regional”, disse.

Têm direito aos alimentos, as pessoas e famílias cadastradas no CRAS e beneficiários das entidades Sociedade Pestalozzi e Abrigo Casa Lar.

“O fortalecimento da agricultura familiar é um dos principais objetivos da gestão municipal. A agricultura familiar sustenta a base econômica do município e fornece alimentos saudáveis para as famílias. Além disso, o programa cumpre um objetivo social, pois muitas vezes possibilita a principal refeição para essas famílias. Nossa equipe está sempre buscando recursos junto aos governos estadual e federal para apoiar a agricultura familiar e garantir dias melhores para a população”, salientou o prefeito Uelikson Boone (Bolinha).

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE